.: Prefeitura De Araguaina :.
Sábado, 20 De Agosto De 2022 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 35 ºC
prefeitura de araguaina

Cidadão Empresa Servidor Turista   Site inscrição torneio de pesca garimpinho

Site leilao de Imveis



campanhas





NOTÍCIAS

Prefeitura tem contas bloqueadas por avaliação imobiliária equivocada da gestão Valderez

Publicado: Data: 31/01/2017 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Área desapropriada e decretada como de utilidade pública foi paga em valor abaixo do correspondente; juiz decretou bloqueio de mais de R$ 1,3 milhões

Por Mara Santos

A Prefeitura de Araguaína teve as contas bloqueadas pela Justiça na última sexta-feira, 27, devido a uma avaliação imobiliária equivocada cometida em 2001, durante a gestão da ex-prefeita Valderez Castelo Branco Martins. O equívoco culminou na ordem de bloqueio de R$ 1.329.689,13, dos quais R$ 561.005,45 já se encontram bloqueados para garantir o pagamento referente a ação.

O processo, movido pela Prefeitura em desfavor da construtora Cunha Lima Ltda., se refere à desapropriação de uma área com total de 195.752,39m², correspondente a 774 lotes, localizados no loteamento urbano chamado Parque Bom Viver.

À época, a área foi desapropriada e decretada como de utilidade pública, sendo avaliada pelo Município em apenas R$ 30.960,00, valor contestado pelo proprietário.

Na decisão, proferida na última sexta-feira, pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Araguaína, Sérgio Aparecido Paio, foi determinado o pagamento do complemento, considerando que o verdadeiro valor do imóvel é de R$ 1.360.645,13, e o bloqueio das contas do município para garantir o cumprimento da decisão.

A Procuradoria do Município já recorreu ao Tribunal de Justiça (TJ-TO) para tentar suspender os efeitos da decisão e não prejudicar as ações e serviços da Prefeitura.

Publicado: Data: 31/01/2017 Autor:Ascom







voltar