.: Prefeitura De Araguaina :.
Sexta-feira, 09 De Dezembro De 2022 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 32 ºC
prefeitura de araguaina

Cidadão Empresa Servidor Turista  

Site leilao de Imveis



campanhas





NOTÍCIAS

Com 40% concluídos, Águas de Araguaína tem aprovação de técnicos de banco internacional

Publicado: Data: 22/11/2022 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Vistoria realizada por executivos do Banco CAF passou pelas obras da Prefeitura já executadas, analisou a prestação de conta dos projetos e ainda avaliou as próximas implantações de infraestrutura urbana e ambiental

Por Marcelo Martin - Foto: Marcos Sandes/Ascom

As obras do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína chegaram aos 40% e tiveram aprovação de técnicos do Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF, que é o órgão financiador. A vistoria das obras e prestação de contas foram realizadas na última semana, junto com o prefeito Wagner Rodrigues, secretários e técnicos municipais.
 
O engenheiro civil da CAF Paulo Rodrigues, que esteve presente, explicou que os projetos de drenagem são cada vez mais importantes devido à consolidação das mudanças climáticas. “A gente tem buscado introduzir na agenda dos nossos clientes o que chamamos de projetos resilientes, que são capazes de atender essas demandas intensas. Aqui, quando estiver totalmente implantado, a cidade vai estar muito mais preparada para o período chuvoso”.
 
Nos últimos anos, Araguaína vem registrando um aumento na quantidade de milímetros de chuva, segundo a ANA (Agência Nacional de Águas). Em novembro de 2021 foram acumulados 246 mm, sendo que a média histórica para o mês é de 194 mm. No último domingo, dia 20, foram registrados 90 mm de chuva, o que é quase a metade do que é esperado para o mês levando em consideração a média histórica. Cada milímetro de chuva representa um litro de água por metro quadrado.
 
Educação ambiental
Outro destaque apontado é a abordagem com a população sobre a preservação do meio ambiente e das obras, principalmente nas escolas, onde são realizadas várias ações, como o concurso de desenho com a mascote Lontrinha e  a preservação do pé de pequi no Setor Morada do Sol 3.

“Esse trabalho, muitas vezes, não é tão visível para a população, mas tem uma importância fundamental para a melhoria da qualidade de vida, maior resiliência climática, transformando a comunidade”, afirmou o administrador e executivo do Desenvolvimento Sustentável CAF, Diego Vettori.
 
Balanço e planejamento
Dentre as obras já realizadas está a construção da 1ª etapa e parte da 2ª etapa da Via Norte e a implantação de drenagem, pavimentação, calçadas com acessibilidade e sinalização viária nos setores Morada do Sol 3, Ana Maria, Itaipú, Tocantins e Jardim Vitória, onde os moradores sofriam com a poeira no verão e o barro no inverno. Dentre os próximos setores já programados para receber infraestrutura completa no próximo ano estão o Itatiaia e parte do Alaska e Jardim América, ainda sem asfalto.
 
Mais parque na cidade
Após a canalização e ampliação do canal do Córrego Canindé e parte do Córrego Neblina, além da construção da bacia de detenção nas proximidades do Parque Cimba, a Prefeitura já tem planos para continuar aumentando a macro e microdrenagem em 2023. Haverá a canalização de todo Córrego Neblina e a criação do Parque Nascentes do Neblina, com canalização também dos córregos afluentes Tanque, Planalto, São Miguel e Água Fria, além da construção também dos parques São Miguel e Raizal. A reunião também serviu para a entrega do Plano de Arborização Urbana.
 
Melhor mobilidade
A Via Parque, próxima avenida de Araguaína a ser construída pela Prefeitura, será mais um acesso rápido entre o centro e os bairros, completando a malha viária da cidade e dividindo o fluxo da Via Norte e Avenida Castelo Branco. A avenida seguirá margeando e sobre a canalização do Córrego Neblina pelos setores Itapuã, Brasil, Luiz Vinhal, Castelo Branco, futuro Parque 47, Couto Magalhães até a Vila Norte.


“Esse trabalho, muitas vezes, não é tão visível para a população, mas tem uma importância fundamental para a melhoria da qualidade de vida”, afirmou o administrador e executivo do Desenvolvimento Sustentável CAF, Diego Vettori



O engenheiro civil da CAF que esteve presente, Paulo Rodrigues, explicou que os projetos de drenagem são cada vez mais importantes devido à consolidação das mudanças climáticas



Após a canalização e ampliação do canal do Córrego Canindé e parte do Córrego Neblina, além da construção da bacia de detenção nas proximidades do Parque Cimba, a Prefeitura já tem planos para continuar aumentando a macro e microdrenagem em 2023 
 


Publicado: Data: 22/11/2022 Autor:Ascom







voltar