.: Prefeitura De Araguaina :.
Segunda-feira, 05 De Dezembro De 2022 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Chove rapido durante o dia e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 31 ºC
prefeitura de araguaina

Cidadão Empresa Servidor Turista  

Site leilao de Imveis



campanhas





NOTÍCIAS

Araguaína realiza pela 1ª vez etapa do Campeonato Tocantinense de Ciclismo Cross Country

Publicado: Data: 12/09/2022 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Mais de 350 atletas de vários estados competiram na prova promovida pela UCAA (União Ciclística Amigos de Araguaína) e que tem parceria da Prefeitura para premiação de mais de R$ 18 mil em 10 categorias

Por Marcelo Martin - Foto: Marcos 

Nessa manhã ensolarada de domingo, 11, Araguaína teve o 5º Desafio Carvalho de Ciclismo de Moutain Bike, com 360 competidores de vários estados. Esta é a primeira vez que a competição vale como uma etapa do Campeonato Tocantinense de Ciclismo Cross Country. A prova é organizada pela UCAA (União Ciclística Amigos de Araguaína) e tem parceria da Prefeitura para premiação de mais de R$ 18 mil.
 
Para Álvaro Alonso, 24 anos, vencedor da categoria open, a etapa araguainense já é a maior do Tocantins. “Nenhuma outra etapa tem tantos competidores, até por causa da premiação, que aqui é feita para todas as categorias”. 

A premiação das 10 categorias entre masculino e feminino, em Master, Open, Elite e Mamute, são valores entre R$ 1000 e R$ 100, para os cinco primeiros colocados. O valor do prêmio para as categorias de homens ou mulheres é o mesmo.
 
O ciclismo em Araguaína tem crescido e já havia recebido uma etapa do Campeonato Tocantinense de Ciclismo de Estrada, no 4º Aramorro de Bike. Mais de 150 atletas disputaram a etapa em abril. Os rankings das competições, de Estrada e Cross Country, dão acesso às seleções estaduais que disputarão as competições do Norte, Nordeste e Nacional.
 
A prova
A largada foi dada no Setor Barra da Grota rumo à estrada da Cachoeira Véu de Noiva, sentido Aragominas. Esse ano o percurso foi maior, com 80 km para os competidores da Elite Masculino e Feminino e Master Masculino A, B e C, e 56 km para as demais, chegando à entrada do Assentamento Caracol.

Além das categorias que tiveram premiação, a prova ainda teve as categorias infantil até 14 anos e kids, que foram premiados com troféu e medalha, respectivamente.
 
Superação
Para vencer as subidas e descidas do percurso, brigando ainda contra sol, vento e a poeira, os competidores tiveram que mostrar muita superação. Alguns ainda tiveram um motivo a mais para concluir a prova, como Adevaldo Neves Moreira, de Iracema, no Ceará, que sofreu um acidente de moto há 9 anos e perdeu um dos braços. “Eu estou aqui para mostrar que um deficiente não tem dificuldade em pedalar, quero ser um exemplo para outras pessoas”
 
Já a palmense Janaina Souza, 31 anos, venceu a categoria Master A Feminina e contou que participou da prova contra orientação dos médicos. Vítima de uma Chikungunya, ela passou o mês de junho com sérios problemas de mobilidade. “Eu precisava da ajuda do meu marido até para ir ao banheiro. Deu vontade de chorar, é muita emoção vencer essa prova”.
 
A prova teve competidores de 6 a 69 anos. O mais velho é o araguainense João Ferreira Barbosa, que não conseguiu completar a prova. “Não arrumo desculpas. Nem sempre dá para completar, mas eu sempre venho e vou continuar. Tenho um problema muito sério, uma artrite, e o esporte me mantém com saúde. Quero continuar até os 75 anos”.

Classificação

Elite Masculino
1º - Maicon Douglas Dias
2º - Vitor Branco
3º - Keven Lucas Viana
4º - Jhonatan Sales
5º - Otávio de Souza
 
Elite Feminino
1º - Weslla Aguiar
2º - Jordana Marques
3º - Jorleane da Cunha
4º - Aline Lima
5º - Geane Assunção
 
Master A Masculino
1º - Raphael Silva
2º - Leandro dos Santos
3º - Fabricio Jacinto
4º - Pablo Monteiro
5º - Wagner Aguiar
 
Master A Feminino
1º - Janaina Barbosa
2º - Ana Paula Alcântara
3º - Daniele Rodrigues
4º - Leidiane Lima
5º - Helaine Tavares
 
Master B
1º - Osmar dos Santos
2º - Lourismar Silva
3º - Junio Vieira
4º - Álvaro Denis
5º - Marcos de Sousa
 
Master B Feminino
1º - Lara Pereira
2º - Hellen de Paula
3º - Cleia dos Santos
4º - Solivan Barros
5º - Suelma Alves
 
Master C
1º - Orcalino Rodrigues Júnior
2º - Ademir Ruas da Silva
3º - Pedro de Sousa
4º - Gilson de Oliveira Lemos
5º - Elias de Jesus Nascimento
 
Open Masculino
1º - Álvaro Alves Barbosa Alonso
2º - Carlos Ghilerme Gomes
3º - Vitor de Freitas
4º - Kennedy Santos Lemos
5º - Talis Porciano Sobrinho
 
Open Feminino
1º - Sharon Rose Pereira Nunes
2º - Emilly Caroline
3º - Ana Karoline Silva Carvalho
4º - Admaria M. C. Santana
5º - Maria Clara Silva Campos
 
Mamute
1º - Higor Silva
2º - Leandro Alencar
3º - Natanael Nascimento
4º - Jean Lucas de Araújo
5º - José Humberto Castroviejo
 
Infantil até 14 anos
1º - Willas Benício Sales
2º - Vitor Ruas de Sá
3º - Vinicios
4º - Matheus Gama
5º - João Vitor Carvalho


 

Alguns ainda tiveram um motivo a mais para concluir a prova, como Adevaldo Neves Moreira, de Iracema, no Ceará, que sofreu um acidente de moto há 9 anos e perdeu um dos braços

A prova teve competidores de 6 a 69 anos. O mais velho é o araguainense João Ferreira Barbosa, que não conseguiu completar a prova. “Não arrumo desculpas"

Publicado: Data: 12/09/2022 Autor:Ascom







voltar