.: Prefeitura De Araguaina :.
Domingo, 08 De Dezembro De 2019 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Chove rapido durante o dia e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 33 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

Profissionais da saúde recebem certificados em Libras no Dia do Surdo

Publicado: Data: 25/09/2019 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

A cerimônia será realizada nesta quinta-feira, 26, e contará com uma palestra do otorrinolaringologista Daniel Nunes

Por Marcelo Martin - Foto: Marcos Sandes/Ascom

Nesta quinta-feira, 26, Dia Nacional do Surdo, mais 35 pessoas serão diplomadas em Língua Brasileira de Sinais (Libras) pela Central de Interpretação de Libras (CIL), da Prefeitura de Araguaína. Na oportunidade, também haverá palestra do otorrinolaringologista Daniel Nunes sobre como evitar a perda auditiva. A entrega dos certificados será realizada às 15 horas, no prédio do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho), localizado à Avenida Bernardo Sayão, 479, no Entroncamento.
 
Segundo Edla Alencar, que é professora intérprete da CIL, este é o segundo módulo de capacitação voltado para profissionais da área da saúde. “O objetivo é facilitar o acesso das pessoas com surdez aos serviços públicos, que muitas vezes não procuram um médico por dificuldades em se comunicar com quem os atende”, afirmou. Ao todo, serão 175 servidores municipais e estaduais formados em lições básicas de Libras.
 
Além dos servidores, a CIL capacitou uma turma de 35 pessoas entre surdos que eram analfabetos em Libras, alguns também em Português, e ainda seus familiares para melhorar a compreensão em casa. “Muitos surdos não querem admitir que não sabem escrever. Então, temos que alfabetizá-los em Libras, que é a língua materna, para então continuar desenvolvendo a Língua Portuguesa”, explicou a professora.
 
Direitos garantidos
Araguaína é o único município do Tocantins que tem uma CIL, prestando atendimento a cerca de 30 pessoas por mês e acompanhando mais de mil surdos. Os professores estão disponíveis para diversos auxílios. O órgão é parte da Secretaria Municipal de Assistência Social, que fica localizada à Rua Humberto de Campos, nº 508, no Bairro São João.
 
“A Central ajuda a ir no médico, religar água e luz, vacinação e outros assuntos”, explicou a professora. Além disto, a CIL dispõe de veículo para ser utilizado nos atendimentos aos surdos, nos casos em que haja necessidade do auxílio deslocamento. 

Publicado: Data: 25/09/2019 Autor:Ascom







voltar