.: Prefeitura De Araguaina :.
Domingo, 23 De Setembro De 2018 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 23ºC | Máxima: 35 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Ouvidia da Saúde 0800 646 8546

campanhas





NOTÍCIAS

Prefeitura de Araguaína realiza resgate e monitoramento da fauna no Lago Azul

Publicado: Data: 13/09/2018 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Além do trabalho dos técnicos ambientais, a Via Lago receberá placas de advertência, alertando os condutores sobre a possível presença de animais

Por Marcelo Martin - Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom

Para garantir a preservação da fauna no Lago Azul, a Prefeitura de Araguaína está realizando ações de resgate e monitoramento dos animais do local. Além do trabalho dos técnicos ambientais, a Via Lago receberá, nos próximos dias, sinalização para que os motoristas fiquem atentos à vida silvestre e evitem atropelamentos dos animais que sobem as encostas da avenida.
 
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente destinou quatro auxiliares, um biólogo e um agente ambiental para o trabalho. Eles também acompanharão o andamento das obras do local, como a construção da ilha artificial e da área que receberá o novo Centro Administrativo e outros empreendimentos.
 
De acordo com o coordenador do monitoramento, Aníbal Neto, o levantamento técnico constatou variedade de fauna no lago, contendo diferentes tipos de animais, como guaxinins, capivaras, preás, peixes, aves e tartarugas.
 
“A intenção é manter os animais em segurança, então, todos que forem recolhidos serão triados, e se estiverem em boas condições, serão soltos nas proximidades. Os animais encontrados com necessidade de atendimento veterinário serão encaminhados à Polícia Militar Ambiental”, explicou Neto.
 
O dique que possibilitará a criação da área que receberá o Centro Administrativo está recebendo atenção especial. O coordenador conta que, com a conclusão da obra, alguns animais permaneceram dentro da área e que estes serão deslocados para outros pontos do Lago. “Com a movimentação, houve animais que foram para outros locais, mas há aqueles que ficaram e serão deslocados, junto com filhotes e até ovos que forem encontrados”, concluiu.

O dique que possibilitará a criação da área que receberá o Centro Administrativo está recebendo atenção especial

Publicado: Data: 13/09/2018 Autor:Ascom







voltar