.: Prefeitura De Araguaina :.
Terça-feira, 13 De Novembro De 2018 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 33 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Ouvidia da Saúde 0800 646 8546

campanhas





NOTÍCIAS

Iniciada a construção da Oficina Ortopédica Municipal

Publicado: Data: 10/07/2018 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

A oficina funcionará ao lado do Centro Especializado em Reabilitação e atenderá o mesmo público, pessoas com deficiências auditiva, física, intelectual e visual;

 

Por: Gláucia Mendes - Foto/Crédito: Marcos Filho Sandes  

Já está em execução a construção da Oficina Ortopédica que funcionará ao lado do Centro Especializado em Reabilitação (CER) Luiz Flávio Quinta, localizado entre os loteamentos Cidade Nova e Lago Azul. O investimento inicial é de R$ 525.858,99, recurso disponibilizado pelo Ministério da Saúde, com contrapartida do Município, e a previsão de conclusão é ainda neste semestre.

A oficina contará com sala de atividades, sala de gesso, duas salas de treinamento, duas salas de provas, sala de moldes e gesso, sala de moldes e próteses, sala de tapeçaria e costura, dois consultórios, almoxarifado, sala de recepção e espera, fraldário, copa, dois banheiros, duas varandas e estacionamento para cinco carros.

Tanto o CER quanto a oficina oferecerão assistência médica gratuita para a habilitação e reabilitação de pessoas com deficiências auditiva, física, intelectual e visual.

CER

O Centro de Reabilitação integrará a Rede Estadual de Atenção à Pessoa com Deficiência e está regulado conforme diretrizes da política nacional de Saúde do Ministério da Saúde. O centro tem capacidade para atender uma média diária de 100 pacientes, de Araguaína e municípios circunvizinhos que fazem parte da região Médio Norte e Bico do Papagaio.

Com dados da Secretaria Municipal da Saúde, estima-se que, 22,22% da população do Estado sofrem de algum tipo de deficiência. Com isso, há a necessidade de aprimorar a rede de atenção a estes assistidos. Especificamente em Araguaína, a estimativa é 24% de pessoas, o que corresponde a aproximadamente 40 mil pessoas.

Publicado: Data: 10/07/2018 Autor:Ascom







voltar