.: Prefeitura De Araguaina :.
Quinta-feira, 27 De Junho De 2019 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 35 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

Assistência Social capacita em Libras servidores e usuários do CRAS

Publicado: Data: 28/03/2018 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Mais de 100 pessoas serão capacitadas na segunda edição do curso da Central de Interpretação de Libras (CIL); início das aulas será na próxima segunda-feira

 

Por Flávio Martin - Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom

 

Para melhorar o atendimento aos deficientes auditivos nos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), a Secretaria de Assistência Social, por meio Central de Interpretação de Libras (CIL), proverá o Curso Libras Livre 2018. As aulas começam na próxima segunda-feira, 2 de abril, e seguem até junho, totalizando 40 horas de capacitação. Serão 25 vagas para servidores e usuários de cada um dos três CRAS da cidade, mais 20 para a sede da Secretaria. Agentes de Saúde também participarão.
 
De acordo com interprete responsável pela CIL do Município, Edla Alencar, a necessidade da capacitação foi detectada a partir da constatação de que deficientes auditivos se afastam dos serviços de assistência e saúde quando não conseguem se comunicar. “Não são todos os surdos que têm familiares ou amigos para ajudar. Sem conseguir se comunicar, não vão ao médico e recorrem aos remédios caseiros”.
 
Ainda segundo a intérprete, todos os funcionários precisam ter o conhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para promover a inclusão dos deficientes auditivos. “O coordenador dos motoristas da Assistência já se acostumou com a Libras. Quando precisamos usar o carro para um atendimento especial, os deficientes auditivos querem saber o que estamos dizendo. Nós temos que atender e incluir”.
 
A Capacitação
Este é o segundo curso ofertado pela CIL aos profissionais que atuam nos órgãos públicos municipais. O primeiro aconteceu em setembro do ano passado para 45 funcionários da sede da Assistência Social que atuam na Atenção Básica, programas da Habitação, Bolsa Família e demais funções da secretaria.

Nesta edição, haverá uma ampliação do conhecimento para atender melhor os deficientes auditivos. Além dos profissionais do CRAS, como assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e orientadores sociais, os professores volantes, que ensinam ballet, violão e capoeira e caratê, participarão do curso. Também estarão presentes alguns médicos e enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde.

O segundo módulo do curso está previsto para o segundo semestre. De acordo com a secretária municipal da Assistência Social, Fernanda Ribeiro, a realização dos cursos foi motivada após perceber que há um grande número de surdos que recebem atendimentos nas secretarias. “A secretaria presta assistência atualmente a um total de 1.146 pessoas surdas ou com alguma deficiência auditiva”.

Publicado: Data: 28/03/2018 Autor:Ascom







voltar