.: Prefeitura De Araguaina :.
Quinta-feira, 23 De Novembro De 2017 |    CLIMA: Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. | Mínima: 22ºC | Máxima: 30 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   via Lago

campanhas





NOTÍCIAS

Projeto de Saneamento Integrado trará novos negócios para Araguaína

Publicado: Data: 07/07/2017 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

 

Em debate sobre economia sustentável realizado na cidade, o prefeito Ronaldo Dimas apresentou projetos de Araguaína nessa área, entre eles a criação de parques e de novas avenidas no entorno de córregos

 

Por Joselita Matos

Foto: Marcos Filho/Ascom 

 

Um encontro que teve o objetivo de discutir sobre as oportunidades que podem gerar negócios sustentáveis neste momento de crise. O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, foi um dos debatedores do 6º Encontro Diálogos da Sustentabilidade, realizado na noite desta quinta-feira, 6, no auditório do Senai. Dimas apresentou as várias ações e projetos que o Município vem desenvolvendo ao longo dos últimos quatro anos nesta área.

Entre os principais projetos está o de Saneamento Ambiental Integrado, que vai recuperar nascentes e criar parques ambientais para proteção desses espaços. “Isso ao mesmo tempo propicia o desenvolvimento de novos negócios, que estão à margem desses novos canais, dessa retificação, desses parques onde serão construídas vias de acesso, avenidas, oportunizando surgimento de novos negócios. Então é economia verde, tema principal aqui hoje”, destacou o prefeito.

Desenvolvimento sustentável

Para o vice-presidente do Naturatins, Edson Cabral de Oliveira, que também fez parte do debate, a conciliação entre o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade é o pilar da economia. “Essa é a nossa grande missão: você conseguir conciliar atividades, empreendimentos econômicos com preservação ambiental”, afirmou.

O economista Waldecy Rodrigues, professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), afirmou que economia sustentável pode acontecer em vários ambientes, tanto no urbano como no rural. “Então aqui é um município que é tanto um centro urbano como centro agropecuário do Médio Norte brasileiro, então a gente tem que discutir as várias tecnologias que podem ser adotadas, as várias estratégias para adoção dessas tecnologias, no sentido de tornar o meio ambiente um aliado para a geração de novos empregos, empregos mais qualificados”, declarou.

O engenheiro ambiental João Guilherme Rassi Almeida, professor do Centro Universitário do Itpac, comentou sobre a importância da criação do Parque Cimba para Araguaína. “O Parque Cimba foi um espaço aproveitado e que gerou empregos do terceiro setor. Tem gente vendendo água de coco, alugando patins, entre outras coisas”, comentou.

Respeito ao meio ambiente

De acordo com Dimas, o desenvolvimento econômico no passado ocorreu de forma muito desrespeitosa com o meio ambiente. “E hoje nós temos que mudar, já está mudando principalmente isso, mas ainda há de se pensar em como aliar o trabalho mais adequado de preservação e de proteção ambiental com desenvolvimento econômico”, comentou.

Dentre as ações apontadas pelo prefeito, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente desenvolve programas que buscam amenizar essa situação ambiental, desde as obrigações normais como é o caso de combate a queimadas, até outras situações que envolvem a recuperação de áreas degradadas.

O engenheiro agrônomo Ramis Tetu que foi o palestrante do encontro e participou do debate sobre o assunto, parabenizou a gestão de Dimas nessa área. “Dimas está construindo uma gestão de espaço, inovação, organização e de qualidade de vida”, afirmou. “Essa economia mais sistêmica e que não seja só verde, mas inclusiva e multimodal, de vários pilares, de vários eixos, de várias atividades, ela nos tem condições de nos levar a um desenvolvimento consistente com muito mais facilidade”, completou.

Publicado: Data: 07/07/2017 Autor:Ascom







voltar